sábado, 8 de janeiro de 2011

Pelé, o maior de todos os tempos

Certa feita, Romário disse: "O Pelé calado é um poeta." Esqueceu-se Romário que Pelé não é só o MAIOR jogador de todos os tempos, é também um grande HOMEM. Quando fez seu milésimo gol, Pelé pediu para cuidarem das criancinhas. Ora, quem mais, em um momento de Glória como esse, lembraria das criancinhas? Pareceu demagógico na época, mas se observar bem Pelé, ele é de uma ingenuidade absurda. Essa ingenuidade que poucos de nós tem coragem de ter.
Apenas os GÊNIOS tem coragem de ser ingênuos. Santos Dummond na sua ingenuidade criou o avião, e os espertos o transformaram em máquina de guerra. Eistein descobriu a fórmula de energia e os espertos a transformaram em bomba. Nietzsche falou sobre o super-homem, e transformaram sua teoria em Nazismo. Os Gênios, como Pelé, são ingênuos. Fazem tão bem o que fazem pois se preocupam apenas em fazer o melhor possível em suas vidas, sem se importarem com as consequências do que fazem, pois o fazem sempre pensando no bem dos outros.
Pelé, esta semana, mais uma vez, foi Gênial. Ele disse: "Se ele (Ronaldinho) realmente ama o Grêmio, pode jogar de graça lá. Está com a vida feita, né? É a minha opinião."
Quando anunciaram Ronaldinho de volta, me emocionei. Se o tivessem contratado, no mesmo dia teria pego meu carro e ído receber ele em POA. Seria a redenção. Seria o grande pagamento de uma dívida de uma década com o Grêmio. Sim, acredito que ele errou feio quando saiu do Grêmio da forma que saiu. Mas acredito também que todos erramos em nossas vidas e merecemos nos reconciliar em determinado momento com nosso passado.
Agora, quase 1 mês depois, vejo que também fui ingênuo. Toda nossa torcida foi ingênua. Sei que muitos dirão que não foram, que nunca acreditaram, mas eu tenho que admitir. Por um bom tempo acreditei. Acreditei em Ronaldinho. Acreditei que o Assis tinha virado um HOMEM. Mas ontem, ao ler a declaração de alguém infinitamente MAIOR que Ronaldinho, Assis e qualquer outro do futebol, percebi o quão ingênuo eu estava sendo.
Sei que ainda pode o Ronaldinho decidir pelo Grêmio. Sei que ele ainda pode ser anunciado no tricolor. Mas perdi o entusiasmo. Assis fez algo que não se faz, mexeu com a ilusão de torcidas inteiras. E o pior, mexeu com a torcida pela qual ele deve TUDO que ele tem. TUDO mesmo. Tenho certeza que não foi isso que a Dona Miguelina ensinou pra ele.
Dirão que envolve muito dinheiro. Que envolve interesses de muitos lados, muitas empresas. E eu direi: GRANDE BOSTA. Com o perdão da expressão, mas nenhuma outra que tenha passado pela minha mente define melhor isso, do que uma GRANDE BOSTA. Como disse Pelé, o Ronaldinho está com a vida feita. O Assis poderá continuar comercializar produtos jogadores. Eles tem dinheiro suficiente para eles e mais 10 gerações viveram MUITO bem, muito melhor do que todos os vizinhos e amigos que eles tinham quando moravam na Vila Nova.
Não, não estou com isso dizendo que o Ronaldinho tenha que jogar de graça no Grêmio (embora ache que também não seria nada demais). Estou dizendo que Assis e Ronaldinho poderiam ter poupado a torcida do Grêmio e o Grêmio dessa sujeira toda.
Se for apresentado no Olímpico, me perdõem, não vou perder 1 segundo da minha vida para ir recebê-lo. Acho também que deveria pedir uma desculpa pública pelo que nos fez passar. Se não for, que faça bom proveito do dinheiro que ganhar em outro time, seja qual for. Que continue fazendo suas festinhas, com suas mulheres fúteis, e seus amigos comprados. E sinceramente, não espero que perca uma noite só de sono pensando no Imortal. Pessoas assim são movidas por dinheiro, não por consciência ou valores morais.
E tenho certeza que seremos TRI com o time que temos. Um time que ano passado mostrou ser um time com brio, um time de verdadeiros HOMENS, comandados pelo MAIOR jogador da história do Grêmio, RENATO PORTALUPPI.Sim, esse foi o maior jogador que já passou pelo Olímipico, seguido de De León, Lara, e outros. Quero que meu time faça história, mas não simplesmente por ganhar títulos, mas por ganhar títulos com HOMENS de verdade, não com garotos deslumbrados pelo que o dinheiro pode comprar.

Se vocês meus amigos, puderem fazer essa mensagem chegar aos jogadores, façam. E faça com que eles saibam que a torcida tricolor está com eles, não precisamos de pessoas que não nos querem. Se o esforço de vir ao dito "TIME QUE AMA" for tão grande, não precisa vir. Seremos guiados pela imortalidade, e dirigidos pelo maior dos imortais, Renato. Nunca precisamos de migalhas. Somos grandes demais para mendigar para alguém que nos deve TUDO que tem.

Aos que concordarem com isso, peço que repassem. Aos que discordam, me desculpo.

Marco Antonio Oselame - Bento Gonçalves - RS

8 comentários:

  1. Caríssimo Marco,

    O GRÊMIO DO PRATA é um movimento único e diferente de todos os demais, pois prezamos, acima de qualquer outro valor, o CARÁTER.

    Prezamos a qualidade técnica, a garra incondicional, a hombridade, a seriedade, a excelência prática e teórica das diversas profissões que desembocam em gols, títulos e na maior alegria de 7,7 MILHÕES de gremistas: EXPRESSAR A SUA PAIXÃO COMO VENCEDORES.

    O teu texto é brilhante. A tua posição é absolutamente sensacional. E te garanto que, como publicitário, professor universitário e com 37 anos de idade, possuo preparo e maturidade suficientes para não elogiar a quem não merece (e tampouco para me envaidecer com qualquer elogio).

    Se te interessar nos conhecer, por favor, entra em contato: gremiodoprata@gremiodoprata.com.br . Segue também as repercussões do que se fala sobre o #gremio na mídia e a opinião de vários gremistas (associados e dirigentes) além da imprensa no nosso Twitter http://twitter.com/gremioprata .

    Somos incansáveis: temos muitos projetos para o clube. Participamos da última eleição na chapa chamada 3ª Via. Eu mesmo não estava ainda nem na chapa, nem no movimento. Já fiz parte do Grêmio Novo, hoje na situação, e do Grêmio Acima de Tudo, ligado aos gremistas mais antigos. Posso te garantir que estamos no meio do caminho: queremos UNIR o clube, mas temos personalidade, não nos submetemos a alianças eleitoreiras.

    Ao contrário dos demais, possuímos integrantes de várias idades, sexos, religiões, profissões e preferências políticas. Não precisa ser famoso nem rico: basta ter ATITUDE, HONESTIDADE, CARÁTER, DIPLOMACIA e estar disposto a trabalhar pelo Grêmio.

    Tu és um tricolor cuja alma casa bastante conosco!

    Um abração,
    Hélio Paz
    Coordenador de Comunicação Digital
    GRÊMIO DO PRATA

    ResponderExcluir
  2. SEM MAIS,DISSE TUDO...
    NADA MAIS APAGA ESSA HISTÓRIA!!!

    ResponderExcluir
  3. Concordo em gênero, número e grau...

    ResponderExcluir
  4. Isso tudo serviu pra mostrar que Ronaldinho não serve pro nosso imortal,o Grêmio é muito maior que ele.
    Vamos com Renato (esse sim é Gaúcho) rumo ao tri...
    Grêmio nada pode ser maior!
    Leonardo Valença

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Pelé grande homem.. pqp !

    Vá trabalhar cara é o melhor que tu faz..

    Jogador é profissional e joga onde quiser, quem ama clube é torcedor, jogador é profissional !

    ResponderExcluir
  6. Anonimo...

    Grande homem é vc? Que não tem coragem de mostrar a cara?


    Quem ama o futebol entende o texto...tu é mais um bosta...deve ser mais um "assis moreira"

    ResponderExcluir
  7. Belo texto.Infelizmente, jogadores que realmente amam seu clube, são poucos.Ronaldinho deveria ouvir uns conselhos de Danrlei para aprender o que é amor de verdade!

    ResponderExcluir
  8. lol, da pra se dizer que por "1 milhão" qualquer dos HOMENS que você cita no texto perderiam o tal carater que você também cita. O ser humano muda drasticamente quando tem poder nas mãos.. no caso do ronaldinho, que já é rico. Que pode aproveitar a vida que já está ganha, ai não faz tanta diferença(pelo menos não deveria fazer), mas para o resto a história é outra. Hipocrisia é foda

    ResponderExcluir